Gerenciamento de salão
Mostrar tudo
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

10 DICAS PARA TE AJUDAR NO GERENCIAMENTO DE SEU SALÃO!

1-) BOM ATENDIMENTO

Bom atendimento é fundamental. Um bom atendimento faz com que o cliente fique satisfeito, volte ao salão e divulgue para os amigos.
Todos os colaboradores do salão devem atender bem, com profissionalismo e simpatia. Isso inclui os demais funcionários como recepcionista e manobrista.
Trate cuidadosamente dos detalhes, pois são eles que interferem na qualidade percebida pelo cliente.

 

 

2-) AMBIENTE

O salão de beleza deve ser um local atraente, Conforto, cordialidade, acessibilidade, funcionalidade fazem parte dos requisitos básicos do bom atender.
Devemos também lembrar que beleza é saúde, assim o salão tem de adotar práticas que garantam a segurança e saúde dos seus clientes e colaboradores, além de atender às normas da vigilância sanitária.

 

 

3-) PREÇOS

Os preços devem ser competitivos e alinhados com o nível de serviços oferecidos e à percepção de valor do cliente. É importante que você conheça todos os componentes necessários para calcular de forma adequada o seu preço de venda.
Quanto mais valor agregado você disponibiliza, maior será a chance de o cliente pagar mais pelo serviço adquirido.

4-) INOVAÇÃO

A aplicação de técnicas inovadoras atrai clientes ao salão, afinal, todos gostam de novidades
Inovação leva ao aumento de vendas, produtividade, redução de custos, abertura de novos mercados, melhoria de resultados e destaque frente aos concorrentes.

5-) DIVULGAÇÃO E PROMOÇÃO

A divulgação e a promoção irão ajudar o salão a fidelizar os clientes atuais e a conquistar novos.
Divulgar é fundamental. Para isso existem algumas iniciativas simples, de baixo custo e de fácil acesso tais como: mala direta, página no Facebook, anúncio no jornal ou revista do bairro ou mesmo a distribuição de folhetos que podem ajudar a captar mais clientes.
Promoções com preços diferenciados para determinados dias e horários, pacotes de serviços, lançamentos de novos produtos ou serviços e cartão fidelidade atraem mais clientes.

6-) PLANEJAMENTO

Planejamento é um dos principais componentes de um bom negócio. Questões importantes devem ser consideradas ao planejar o seu empreendimento: características específicas do segmento salões de beleza, escolha adequada dos produtos e serviços oferecidos, regulamentação e legislação pertinentes e análise da concorrência são apenas alguns dos itens que devem ser avaliados e planejados.
Outros pontos relevantes: qual público se pretende atender (A, B, C, D); quem são e onde estão os clientes e os fornecedores, equipamentos necessários, capital de giro, investimento e funcionários. Enfim, o ideal é fazer o planejamento adequado de tudo. A recomendação é que seja feito um bom plano de negócio.

7-) CONTROLE GERAIS E BÁSICOS

O dono do salão deve ter uma visão completa do seu negócio. Assim controles gerenciais devem ser implementados para atividades importantes de seu negócio: financeiro e contábil, marketing e comunicação, recursos humanos, gestão de compras, estoque e vendas.

 

 

😎 CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS

Uma equipe motivada e bem capacitada contribui para o sucesso do negócio.
A falta de conhecimento e o desrespeito às normas e legislações, além de gerar a insatisfação da equipe, podem gerar reclamações trabalhistas, É importante avaliar o modelo de negócio que se quer praticar, uma vez que nos salões de beleza, é comum a remuneração por meio de comissionamento. Isso exige um modelo de contrato de trabalho adequado.
Recomendamos que você procure o auxílio de um profissional especializado.

 

 

9-) FLUXO DE CAIXA

O controle dos saldos, capital de giro, conciliação dos prazos de pagamentos e recebimento, além de um acompanhamento adequado de contas a pagar e a receber, permitem elaborar o fluxo de caixa projetado, possibilitando conhecer antecipadamente o futuro financeiro da empresa.
Um cuidado fundamental é o controle correto, não misturando dinheiro do negócio com dinheiro pessoal

10-) CAPITAL DE GIRO

O capital de giro é influenciado pelo volume de vendas/recebimentos, compras, custo das vendas e principalmente pelos prazos médios de estocagem, recebimento das vendas a prazo e pagamento de compras.
Para evitar a falta de capital de giro: evite inadimplência; reduza custos e despesas; reduza os prazos de recebimento (cuidado com os pré-datados e compras a crédito), controle o estoque e tente alargar os prazos de pagamento; renegocie dívidas de curto prazo para longo prazo; e principalmente, mantenha seu salão lucrativo para não faltar dinheiro.

 

Fonte: Pequenas empresas. SEBRAE-SP

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba dicas direto no seu e-mail

Inscreva seu e-mail abaixo e receba nossos melhores posts direto na sua caixa de entrada!